Dinheiro esquecido no banco? Saiba como consultar e resgatar!

- Publicidade -

Recentemente, estão viralizando portais que se dispõem a te mostrar quanto dinheiro esquecido no Banco você tem. Contudo, te alertamos justamente para a sua segurança digital, na qual você deve ter cuidado em quais plataformas estará informando seus dados tão importantes. Portanto, iremos te ensinar a maneira correta de descobrir se você realmente tem dinheiro esquecido no Banco.

Muitas pessoas estão vivendo um momento complicado da economia em suas vidas. Inclusive, fazendo com que busquem por formas de gerar uma renda extra através de aplicativos e usando seus próprios bens. Além disso, cresceu o número de pessoas que buscam por alternativas gratuitas para o seu lazer, como apps de streaming gratuitos. Talvez isso tenha um significado.

- Publicidade -
dinheiro esquecido no banco
(Reprodução: Pexels)

Sabemos que “descobrir” um dinheiro que não estávamos esperando é uma sensação incrível, uma sensação de benção no momento certo. Portanto, vamos te mostrar como saber se você tem dinheiro esquecido no Banco para que você consiga analisar tranquilamente. Recomendo que leia o material com calma para não perder nenhum passo.

O que é esse dinheiro esquecido no Banco?

A internet está repleta de perfis na internet que afirmam que existem muitas pessoas com dinheiro esquecido no banco. Dessa forma, você fica instigado a procurar saber se realmente tem dinheiro esquecido no banco. Na verdade, realmente existe uma grande quantidade de pessoas que podem receber esse dinheiro inesperado.

Segundo o Banco Central, há cerca de R$ 7,1 bilhões que ainda podem ser resgatados, ou seja, esse valor é referente a dinheiro esquecido no Banco pelos indivíduos (que inclusive, pode ter um valor seu neste cálculo). 

VEJA MAIS: Encontre sua tão sonhada vaga de emprego!

Infelizmente, um dos motivos desse valor ser tão alto é justamente pela falta de informação. Existem milhares de brasileiros que não sabem que têm esse dinheiro disponível. Portanto, foi justamente essa ausência de informação de qualidade e confiável que desenvolvemos essa matéria para nossos leitores.

pexels centre for ageing better 11284045
(Reprodução: Pexels)

Essas informações são oriundas do SRV, que é justamente o Sistema de Valores a Receber. O SRV corresponde a um serviço desenvolvido pelo Banco Central para que os brasileiros consultem se possuem dinheiro esquecido no banco em que são clientes, consórcios ou outros tipos de instituições financeiras.

Vale lembrar que esses R$ 7,1 bilhões de reais é correspondente ao valor total de dinheiro esquecido no Banco. Na verdade, segundo o SRV, a maior parte das pessoas que possuem dinheiro esquecido no Banco (mais de 60%) têm um valor de no máximo R$ 10 esquecidos. Contudo, são R$ 10 que podem ajudar no dia a dia desses indivíduos, portanto, é interessante saber como resgatar.

VEJA TAMBÉM: 3 apps para assistir TV on-line!

Todavia, mesmo que a grande maioria dos indivíduos tenham apenas um valor de até R$ 10 para resgatar, ainda existe uma grande parcela de indivíduos com um valor alto para ser resgatado. Afinal, o SRV divulgou que, em maio, havia mais de 700 mil pessoas que conseguiriam retirar mais de mil reais.

Como consultar?

Agora você deve estar interessado em saber se também tem dinheiro esquecido no Banco. Contudo, sabemos que descobrir como consultar sem cair em golpes é um dos grandes desafios dos brasileiros. Inclusive, boa parte do nosso portal é dedicada em trazer informações confiáveis sobre programas sociais para evitar que você caia em golpes.

pexels pixabay 50987
(Reprodução: Pexels)

Portanto, o primeiro passo será você acessar o portal oficial do Sistema Valores a Receber, do Banco Central. Você pode acessar o portal clicando aqui. Peço que se atentem ao link que irá abrir, ele possui “.gov.br”. Esse é o site oficial, não existe nenhum outro portal para que você consulte se tem dinheiro esquecido no banco.

VEJA AQUI: Você sabe consultar sua pontuação no Serasa? Iremos te ensinar!

Em seguida, você vai informar seu CPF e a sua data de nascimento para saber se você tem dinheiro esquecido. Mas caso você queira saber se a sua empresa tem esse dinheiro esquecido, você vai informar o CNPJ e a data de abertura da empresa. Caso realmente tenha esse valor, guarde a data que o sistema irá te informar.

Caso você ainda não tenha conta no Gov.br, você pode criar sua conta gratuitamente clicando aqui. Com a conta criada, você retornará ao sistema inicial com o seu login Gov.br e a data informada no SRV, para assim, saber qual é o valor específico e poder, finalmente, solicitar a transferência.

Caso tenha perdido a data informada no Sistema Valores a Receber, saiba que você ainda pode solicitar novamente. Todavia, é provável que você não consiga solicitar no mesmo dia, portanto, você terá que voltar no sistema em outro momento. Neste caso, guarde essa matéria para consultar os passos e não se perder.

Evite golpes

Como já dito anteriormente, há muitas pessoas que usam a manchete de “dinheiro esquecido no banco” para conseguir enganar pessoas honestas. Dessa forma, vamos trazer algumas dicas importantes para que você não caia em golpes divulgados na internet.

Os golpes on-line são uma forma de fraude que visa enganar as pessoas para obter informações pessoais, financeiras ou de acesso a contas. Existem várias maneiras de evitar cair em golpes on-line, tais como:

pexels pixabay 210574
(Reprodução: Pexels)
  1. Verificar a fonte e a credibilidade dos e-mails, mensagens, sites e anúncios que solicitam dados ou oferecem ofertas tentadoras. Desconfiar de remetentes desconhecidos, erros de ortografia, links suspeitos ou pedidos urgentes.
  2. Proteger os dispositivos com antivírus, firewall e senhas fortes. Não compartilhar as senhas com ninguém e alterá-las periodicamente. Usar a autenticação de dois fatores sempre que possível.
  3. Não fornecer informações pessoais ou financeiras por e-mail, telefone ou redes sociais. Verificar se os sites que solicitam esses dados têm o protocolo HTTPS e um cadeado na barra de endereço, que indicam uma conexão segura.

CONHEÇA TAMBÉM: Os melhores apps para assistir jogos de vôlei.

  1. Não clicar em links ou baixar arquivos de fontes não confiáveis. Eles podem conter vírus, malwares ou spywares que podem roubar ou danificar os dados.
  2. Denunciar os golpes on-line às autoridades competentes e alertar os contatos sobre possíveis tentativas de fraude.
pexels pixabay 164527 1
(Reprodução: Pexels)

Seguindo essas cinco dicas, é possível se proteger dos golpes on-line e navegar na internet com mais segurança e tranquilidade. Vale lembrar que, caso você não tenha experiência com internet, é interessante que peça para pessoas mais experientes realizarem tarefas importantes, como as que exigem transferências bancárias.

Gostou das informações?

Nosso portal é repleto de informações que consigam ajudar nos seus dias, inclusive, já escrevemos sobre como é possível viajar sem pagar por isso. Além disso, também já trouxemos como você pode conseguir gerar uma renda extra com apps já famosos. Por fim, espero que tenha gostado deste e dos nossos outros conteúdos.